zb porn
Versão digital - Leme: viagem no tempo ao fundo da noite

Versão digital - Leme: viagem no tempo ao fundo da noite

Em estoque
 
R$15,90
Formato: e-book
Edição: 0
Ano de publicação: 0
Número de páginas: 128
ISBN: 9788577290857
Sinopse Sobre o autor Comentários (0)
Os bairros são feitos pelos seus moradores, que imprimem aquelas marcas inconfundíveis aos cantos do Rio. Neste livro, o autor, além de ser um desses personagens, percorre as ruas e bares do Leme, retratando muitas dessas figuras emblemáticas, numa viagem no tempo e ao fundo da noite. Vai do piquenique de um dos mais eminentes visitantes, o imperador pedro ii, às histórias dos mais humildes e desvalidos, como maria dos retalhos, raimundo trambique, o rei Zulu ou o mirrado Frankie. Porteiro de boate nos tempos de vacas gordas, ele saía da pavuna, sempre de terno e gravata, para chegar ao Leme às quatro da tarde e faturar algum troco, imitando, sofrível e constrangedoramente, o seu maior ídolo, em músicas como "New York, New York", o carro-chefe de ambos, e viveu uma noite triunfal, quando um amigo lhe disse, naquele tom categórico que o álcool costuma conferir às conclusões: "você é que é o verdadeiro e autêntico Frank Sinatra; o gringo não passa de um produto da mídia. Sem essas pessoas que lhe deram e lhe dão vida e o transformam continuamente, o leme ainda seria aquele cenário natural e selvagem com que deparou D. Pedro II em seu sofrido piquenique, sem chope e sem churrasquinho.
Livros
Autor Arthur Poerner
Biografia

Escritor e jornalista. Bacharel em Direito, com pós-graduação em Comunicação. Ex-presidente da Fundação Museu da Imagem e do Som (MIS), do Sindicato dos Escritores do Estado do Rio de Janeiro, e ex-professor de Jornalismo da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Autor de diversos livros, entre eles o historiográfico Argélia: o caminho da independência (Civilização Brasileira, Rio de Janeiro, 1966); o ensaio O poder jovem: história da participação política dos estudantes brasileiros (Civilização Brasileira, Rio de Janeiro, 1968), proibido pela ditadura, relançado, clandestinamente, pelo movimento estudantil, em 1977, e reeditado em 1979 (Civilização Brasileira), 1995 (Centro de Memória da Juventude, São Paulo) e 2004 (Booklink, Rio de Janeiro); e o romance Nas profundas do inferno, baseado nas experiências de prisão política, lançado na Espanha (Bruguera, Barcelona, 1978) e premiado na Itália (Mazzotta, Milão, 1978), antes mesmo da publicação das duas edições esgotadas no Brasil (Codecri, Rio de Janeiro, 1979). É coautor, entre outras obras, de Assim marcha a família (Civilização Brasileira, 1965) e Memórias do exílio (Arcádia, Lisboa, 1976, e Livramento, São Paulo, 1978). Publicações mais recentes: Identidade cultural na era da globalização (Revan, Rio de Janeiro, 1997); Leme (Coleção "Cantos do Rio", Relume Dumará, Rio de Janeiro, 1998); Nossa paixão era inventar um novo tempo (Rosa dos Tempos, Rio de Janeiro, 1999), coletânea de depoimentos sobre a resistência à ditadura militar; e Memória do movimento estudantil (Museu da República, Rio de Janeiro, 2005). No jornalismo, começou em 1962, no Jornal do Commercio; foi diretor da Folha da Semana e redator do Correio da Manhã (1963-70), todos do Rio de Janeiro, além de colaborador das revistas Política Externa Independente e Revista Civilização Brasileira. Durante o exílio, foi redator e locutor da Voz da Alemanha, de Colônia, e correspondente do Pasquim (Rio de Janeiro) e da revista Istoé (São Paulo), na Alemanha. De volta ao Brasil, foi editor de Cultura da TV-Globo e colaborador das revistas Cadernos do Terceiro Mundo e Bundas, dos diários Estado de São Paulo e Jornal do Brasil, e do semanário OPASQUIM21. Em outras áreas culturais, é letrista em parcerias musicais com Candeia, João do Vale, Baden Powell e Biafra, gravadas, entre outros, por Cristina Buarque, Eliana Pitman e Vanja Orico; e autor da peça Feijoada, premiada, em 1981, pelo Serviço Nacional de Teatro. Foi membro do Conselho de Carnaval da Cidade do Rio de Janeiro e, atualmente, do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI). Em 2000, foi condecorado com a Medalha de Mérito Pedro Ernesto, pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro; em 2005, com o título de Benemérito do Estado do RJ, pela Assembléia Legislativa. É colaborador do Jornal do Brasil e do Jornal Copacabana. Membro titular do PEN Clube do Brasil. Reside no Rio de Janeiro.

Fazer um comentário

Seu nome:


Seu comentário: Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.

Avaliação: Ruim            Bom

Digite o código da imagem:



Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro
Desenvolvimento
Criação de sites RJ: Murillo Camargo & Doble
Booklink © 2013 - Todos os direitos reservados